Páginas

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O futebol de luto




Não poderia jamais imaginar que um acidente tão trágico fosse ocorrer com a equipe da emergente Chapecoense em seu vôo rumo à primeira final na Copa Sulamericana.

Mais do que a decisão de um campeonato, o que o mundo soube na madrugada desta terça (29/11) foi o fim de muitos sonhos, com a morte instantânea de dezenas de pessoas num avião. Algo que até agora está difícil de acreditar!

A "Chape", tal como se abrevia o nome do clube, distingue-se das tradicionais equipes do futebol brasileiro como Flamengo, Corinthians, São Paulo, Santos, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro ou Atlético Mineiro. Trata-se de um time do oeste catarinense que, até pouco tempo, estava na série "D" do Brasileirão, mas foi capaz de se organizar e de chegar à primeira divisão a ponto de concorrer de igual para igual com os demais adversários mantendo-se entre eles. E agora encontrava-se a dois jogos de conquistar um glorioso título internacional.

Esse episódio fez-me lembrar a morte do piloto de Fórmula 1, Ayrton Senna, o qual se acidentou durante uma corrida nos anos 90. Na época, houve uma comoção nacional que durou uma semana. Pessoas de diversas faixas etárias choravam o ídolo inconsolavelmente.

Infelizmente, há situações que estão fora do nosso controle. Saímos de casa, esperamos retornar, mas não há nada que possa garantir esse resultado. E, no caso da Chape, mesmo na hipótese de uma provável falha da companhia aérea, indago como o clube e os jornalistas que estavam no avião poderiam prever a tragédia?! Certamente nenhuma preocupação se passava com eles...

Fato é que nós também precisamos viver sem ansiedade diante do cotidiano. Porém, deve-se ter a consciência da fragilidade humana perante da Vida e que podemos simplesmente partir a qualquer momento por inúmeras razões que estão fora do nosso controle. Logo, não há outra saída melhor do que repensarmos a nossa maneira de viver, inclusive as escolhas existenciais.

O resto da semana será de luto para o futebol que não terá esta quarta a tão desejada final da Sulamericana. Justo no dia da semana que a novela termina mais cedo para a TV Globo transmitir algum jogo, dessa vez não teremos a diversão como das outras vezes. Mas iremos, em consideração às vidas humanas que se foram, respeitar esse momento e refletir.

Às vítimas do acidente e seus familiares, meus sentimentos.


3 comentários:

  1. Estamos juntos neste luto. Uma tristeza muito grande...Meus pêsames.


    Bjos

    Visite-nos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida.

      Obrigado por sua visita e comentários, o que retribuirei com muito gosto.

      Beijos

      Excluir
    2. E agradeço pela sua solidariedade e palavras

      Excluir